O site, de Luis Montero Manglano

O site, de Luis Montero

Quem disse que o gênero aventura estava morto? Era apenas uma questão de um autor como Luis Montero abordá-lo com seu toque particular de suspense para que todos pudéssemos repensar que há pouco a descobrir neste mundo e no que se aventurar. Sempre há …

Continue lendo

La Costa de las Piedras, um romance de aventuras em Maiorca

A Costa das Pedras, de Alejandro Bosch

Um romance de aventuras que nos chega sob o pseudónimo de Alejandro Bosch, talvez para acabar por completar aquele ponto de mistério que inunda a trama. Porque a história decola de seu componente magnético de qualquer aventura baseada em um enigma histórico. Apresentado para a ocasião em tons ricos com…

Continue lendo

Os 3 melhores livros de aventura

Livros de aventura recomendados

As origens da literatura baseiam-se no gênero aventura. Aquelas hoje reconhecidas como as maiores obras da literatura universal nos levam a uma jornada por milhares de perigos e descobertas insuspeitadas. De Ulisses a Dante ou Dom Quixote. E ainda hoje o gênero de aventura ...

Continue lendo

3 melhores livros de Clive Cussler

Livros de Clive Clusser

Se existe um escritor de aventuras atual que ainda mantém o gênero de aventura entre os mais vendidos, é Clive Cussler. Como um Júlio Verne moderno, este autor nos conduziu por enredos fascinantes com aventura e mistério como espinha dorsal. O certo …

Continue lendo

Os 3 melhores livros de Alberto Vázquez Figueroa

Livros de Alberto Vázquez Figueroa

Para mim, Alberto Vázquez-Figueroa foi um desses autores de transição, no sentido de que o li avidamente como um grande autor de aventuras aceleradas, quando ainda era muito jovem. Recentemente voltei a ele graças ao seu último livro Goodbye Mister Trump, no qual verifiquei que…

Continue lendo

A grande catástrofe amarela, de JJ Benítez

A grande catástrofe amarela

Poucos autores no mundo fazem o trabalho de escrever um espaço mágico como faz JJ Benítez. Um lugar habitado por escritor e leitores onde a realidade e a ficção dividem cômodos acessíveis com as chaves de cada novo livro. Entre a magia e o marketing, entre o desconcertante e ...

Continue lendo

A linguagem oculta dos livros, de Alfonso del Río

A linguagem oculta dos livros

Lembro-me de Ruiz Zafón. Acontece-me cada vez que descubro um romance que aponta para o aspecto esotérico dos livros, para as línguas escondidas, para aquele aroma de sabedoria acumulado em estantes infinitas, talvez em novos cemitérios de livros ... E é bom que assim seja . A vasta imaginação do escritor catalão ...

Continue lendo

Zoológico de Mengele por Gert Nygardshaug

Zoológico do romance Mengele

É sempre um bom momento para aprender alguma curiosidade idiomática como "Mengele Zoo", frase feita em português brasileiro que aponta para o caos de tudo, com a conotação sinistra de médico louco que terminou seus dias aposentado justamente no Brasil. Entre o humor negro e a suposição crua de ...

Continue lendo

Voz Velha, de Elisa Victoria

Voz velha

Quem não se lembra do Manolito Gafotas de Elvira Lindo? Não é que se trate de ficar ciclicamente na moda entre os protagonistas infantis de romances para todos os públicos. Pelo contrário, é uma questão de Elvira e de Agora Elisa, com a sua proximidade ...

Continue lendo

Longe, por Hernán Díaz

Ao longe

É sempre bom encontrar autores ousados, capazes de assumir a tarefa de contar histórias diferentes, muito além dos rótulos banais como "disruptivo" ou "inovador". Hernán Díaz apresenta este romance com aquele frescor inegável de quem escreve algo só por escrever, com intenção transgressora na substância e na forma, sintonizando magicamente ...

Continue lendo

Oliver Twist de Charles Dickens

Oliver Twist

Charles Dickens é um dos melhores romancistas ingleses de todos os tempos. Foi durante a era vitoriana (1837 - 1901), época em que Dickens viveu e escreveu, que o romance se tornou o principal gênero literário. Dickens foi o professor por excelência da crítica social, em ...

Continue lendo

erro: Sem cópia