Tinta Simpática, de Patrick Modiano

A tinta simpática de Patrick Modiano

Na sua dívida inesgotável com o século XX. Um tempo cada vez mais carregado de grandes histórias à medida que nos afastamos no tempo, Modiano conduz-nos por um enredo que recria aquela noção nostálgica do efémero. Na ideia do possível traço que podemos, ou…

Continue lendo

A Ilha da Árvore Perdida, de Elif Shafak

A Ilha da Árvore Perdida romance

Toda árvore tem seu fruto. Da macieira com suas tentações ancestrais, suficientes para nos expulsar do paraíso, à figueira comum com seus frutos inusitados carregados de simbologia entre o erótico e o sagrado, dependendo do olhar e, sobretudo, da quem está olhando... Uma história no...

Continue lendo

Os 3 melhores livros de Juan Carlos Onetti

Livros de Juan Carlos Onetti

O incombustível Juan Carlos Onetti, junto com Mario Benedetti e Eduardo Galeano, formam um triunvirato literário do Uruguai comum ao Olimpo das letras em espanhol. Porque entre os três eles cobrem tudo, qualquer gênero em prosa, verso ou nas mesas. Embora cada um ofereça isso ...

Continue lendo

No verão, por Karl Ove Knausgård

No verão, por Karl Ove Knausgard

A história da vida em sua evolução cíclica das estações do ano marca a entrada e a saída caprichosas da cena de cada um. No passado, nascer no inverno era um desafio para a sobrevivência. Hoje, dificilmente é uma anedota aparente que, dados os esforços de Karl Ove Knausgard ...

Continue lendo

Para quem me espera sentado no escuro, de Antonio Lobo Antunes

Para aquele que está esperando por mim sentado no escuro

O esquecimento tem a delicadeza de esquecer até o próprio reflexo como mecanismo de defesa, onde se declama essa espécie de solilóquios simulados como pensamentos que se transmitem ao nosso reflexo. Essa é a interpretação mais difícil diante de nosso próprio olhar inquisidor. Pode ser que, um ...

Continue lendo

O Coração de Triana, de Pajtim Statovci

Romance O coração de Triana

O lance do bairro popular e até lírico de Triana não vai. Embora o título aponte para algo semelhante. Na verdade, o bom e velho Pajtim Statovci pode nem mesmo considerar tal coincidência. O coração de Triana aponta para algo muito diferente, para um órgão mutável, para um ser que, ...

Continue lendo

Estarei sozinho e sem festa, por Sara Barquinero

Estarei sozinho e sem festa, por Sara Barquinero

É verdade que é difícil encontrar novas vozes que falem do amor enraizado no vitalismo, com a filosofia, com a transcendência do toque da pele ou mesmo do orgasmo. E que o assunto é todo um desafio narrativo onde o escritor ou escritor de plantão pode demonstrar, senão ...

Continue lendo

A Família Martin, de David Foenkinos

A família Martin de Foenkinos

Por mais que se disfarce de história rotineira, já sabemos que David Foenkinos não se aprofunda nos costumes ou nas relações interfamiliares em busca de segredos ou lados sombrios. Porque o já conhecido autor francês é mais um cirurgião das letras em forma e ...

Continue lendo

Os 3 melhores livros de Emil Cioran

Nenhum pessimista totalmente convencido chega aos 84, como foi o caso de Cioran. Digo isso por causa da determinação de apontar esse autor como um niilista recalcitrante, cuja negatividade e medo pela vida constituem em forma e substância uma narrativa paralela à condenação de viver. ...

Continue lendo

Livros que você precisa ler antes de morrer

Os melhores livros da história

Que título melhor um pouco pretensioso do que este? Antes de morrer, sim, apenas algumas horas antes de ouvi-lo, você vai pegar sua lista de livros essenciais e riscar o best-seller de Belén Esteban que fecha o círculo de leitura de sua vida… (era uma piada, um macabro e piada sangrenta) Não é para menos…

Continue lendo

A vida às vezes, de Juan José Millás

Eu reservo vida às vezes

Em Juan José Millás a engenhosidade se descobre já a partir do título de cada novo livro. Nesta ocasião, “Life at times” parece remeter-nos à fragmentação do nosso tempo, às mudanças de cenário entre a alegria e a tristeza, às memórias que compõem aquele filme que podemos ...

Continue lendo

Rumo à Beleza, de David Foenkinos

livro para a beleza

Falar de Foenkinos é aproximar-se de um dos autores fundamentais da narrativa atual, com aquela mudança geracional que aponta para a literatura clássica daqui a um século, do narrador que refletiu a intra-história de um século XXI submerso entre o individualismo e a alienação como conflito de princípios ...

Continue lendo